Desenvolvimento Urbano e Regional
Engenharia de Tráfego
Transportes Coletivos
Mobilidade Sustentável
Energia e Ambiente
Logistica
Economia de Transportes
Regulação e Políticas
Inovação
   
 
 

 
Energia e Ambiente

Reduzir o impacte, reduzir custos

Na lógica das organizações:
O peso da factura energética, incluindo dos combustíveis é cada vez mais uma fonte de preocupação para os resultados das empresas. Ao mesmo tempo existe a percepção por parte dos consumidores da responsabilidade social das empresas, nomeadamente ao nível da sua pegada ecológica.
 
A TIS dispõe das competências para contribuir de forma activa na procura de soluções mais sustentáveis do ponto de vista do dia a dia das empresas, quer reduzindo as necessidades de transporte dos seus funcionários através de Planos de Mobilidade Empresarial quer reformulando a organização logística das organizações.
 
A par destas medidas, apoiamos as empresas na redução dos custos da sua frota, do lado operacional e do lado ambiental, dispondo de ferramentas próprias de apoio à selecção de veículos.
 
Na lógica das infra-estruturas:
É hoje necessária a análise de impactes ambientais (ruído e emissões) de novas infra-estruturas de transporte associadas ou não a novos PMOT´s ou grandes geradores. A TIS dispõe dos meios técnicos necessários a essa avaliação, diferenciando-se da concorrência por permitir a contratação integrada dos serviços de Engenharia de Tráfego e de Análise Ambiental, de onde resulta uma melhor integração do projecto e resultados mais céleres.




Energia e Ambiente - Avaliação Ambiental
Ficha comercial da área de ´Energia e Ambiente´ em relação a: Avaliação Ambiental



Estudos de Ruído
Os estudos de ruído constituem uma ferramenta de apoio à decisão sobre planeamento e ordenamento do território, uma vez que, apresentam Mapas de Ruído onde é possível visualizar as condicionantes dos espaços impostos por via dos requisitos de qualidade do ambiente acústico. Para além dessa função, o Regulamento Geral do Ruído (Decreto de Lei 9/2007 de 17 de Janeiro) e o Decreto-lei n.º 146/2006, de 31 de Julho, que transpõe a Directiva n.º 2002/49/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 25 de Junho, relativa à avaliação e gestão do ruído ambiente, obriga os municípios a elaborarem mapas de ruído através dos respectivos Planos Municipais de Redução do Ruído, para que sejam depois incluídos nos Planos Municipais de Ordenamento do Território (PDM, PU e PP). Nesses Planos, são identificadas zonas problemáticas para onde se propõem medidas gerais de prevenção e controlo da poluição sonora de modo a contribuir para uma ?política de ordenamento do território e de urbanismo que assegure a qualidade do ambiente sonoro, promovendo a distribuição adequada, em especial, das funções de habitação, trabalho e lazer. Neste enquadramento a TIS apoia os municípios e entidades particulares através da elaboração de estudos de ruído e apresentação dos respectivos mapas de ruído recorrendo ao software CADNA-A.



Mobilidade Eléctrica
A difusão do veículo eléctrico é um momento único na história dos transportes e um desafio totalmente novo e nada semelhante a desafios anteriores na área da mobilidade. A transição para a nova tecnologia necessita da intervenção pública e os municípios envolvidos no programa MOBI-E têm a oportunidade pioneira de trazer o veículo eléctrico aos seus habitantes. A TIS apoia os municípios a definir uma estratégia e um plano à altura do desafio.